Close
Skip to content

Saiba como lidar com eletrônicos antigos

Com o avanço da tecnologia, milhares de aparelhos são descartados diariamente. Aparelhos como monitores, computadores, notebooks e impressoras não devem ser jogados diretamente no lixo.Estes eletronicos devem ser descartados em lixo eletronico ou encaminhados para reciclagem.

Por possuirem placas / circuitos eletrônicos e estes itens são poluentes e devem ser descartados inadequadamente. Mas é claro que podemos sempre reduzir nossas pegadas de carbono e sempre que possível, trazer de volta a vida um aparelho antigo.

Aqui na Infonunes.com eu prezo por tentarmos dar vida útil a tudo que existe.

Claro que determinados clientes chegam a um certo nível de exigência em relação a durabilidade e custos da manutenção dos aparelhos que possui. E em determinado momento, o conserto nem sempre vale a pena. E como descartar aquilo que não serve mais?

Primeiro, tente doar a alguém que vá tentar conserta-lo. Além de se livrar de energia parada em casa, pode gerar uma alegria na mão de outro alguém.

  • Nunca jogue um Computador, Monitor, Notebook ou impressora no lixo comum
  • Tente devolver ao fabricante. Alguns deles inclusive mandam buscar aparelhos velhos
  • Deixe aparelhos que não usa mais em casas de eletrônicos ou lojas de assistência técnica como a infonunes.com. Ficamos felizes em receber os produtos, damos destinação correta e ainda podemos reaproveitar algumas peças que podem fazer falta em um reparo.
  • Compre aparelhos de melhor qualidade e mantenha sua manutenção com pessoas preparadas para isso, pois o barato pode sair caro.

Claro que o último item fica mais complicado com a obsolescência programada. É como um calculo feito pelos grandes fabricantes que visam o lucro. Claro que alguns ainda fazem produtos que valem o que custam ( Apple, Lenovo ThinkPad, Intel Motherboards, Memórias Kingston).

Mas a maioria segue o capitalismo simples: Venda 1 milhão de aparelhos e depois continue vendendo a cada x anos novos produtos renovados para os mesmos clientes. Caso da Microsoft, HP, Positivo, Dell.

Com isso o consumidor fica a mercê dos grandes capitalistas e sem saber o que fazer com tanto lixo que consumimos. Claro que existem produtos em linhas premium de alguns fabricantes, mas são mais caros e nem semrpe confiáveis.

Eu montava computadores com as melhores peças e muitos deles ainda estão funcionando por ai. Eram montados com gabinetes de qualidade, placa-mãe Intel, processadores Intel, Memória Kingston, HD Samsung, fonte real e kits de teclado e mouse Microsfot.  Mas isso tinha um custo. Como os computadores não davam problemas, meus clientes não ligam mais. E os preços começaram a ser limitantes para os mais exigentes.

Com o mudar das ferramentas nos últimos anos, quase não vemos mais interessados em Computadores Pessoais. São cada dia mais Computadores Exclusivos. Geralmente Smartphones em detrimento até mesmo de que um notebook.

Em alguns anos, nada mais de computadores ou smartphones. Os computadores compartilhados o reconheceram pelo rosto e farão o login em tempo real com sua máquina locada dentro de uma nuvem, como Google ou Amazon. Nada de hardware particular. Tudo compartilhado.

Será que vou ver isso ocorrer ou o capitalismo irá retardar o processo o quanto puder para manter os lucros e os empregos?

Espero não ter fugido muito do que era o inicio do texto. Mas acredito que reciclar as ideias podem reciclar o mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.