Close
Skip to content

Os sistemas da Apple – Mac foram os primeiros a usar mouse.

Steve Jobs era a mente por tras da empresa que fabricava computadores em fundos de quintal. O problema, assim como nos dias atuais, é de como um negócio de fundo de quintal pode vender um produto sem o sistema operacional? Ou ele usaria Dos ( que foi comprado por Bill Gates) ou ele teria que criar um sistema próprio. E foi o que ele apostou. Criou o MAC Os. Tudo pensando em economizar o software.

Para também evitar a comparação que ainda existe até hoje ( Todo mundo usa Windows, não quero saber de novidades) ele pensou no seguinte: e se eu desse a eles algo nov? Então nasceu a Apple. Lembre-se que estamos falando de 1976. Não haviam facilidades e muitos concorrentes no setor de computadores pessoais.

Se ele não fizesse algo diferente e inovador, os clientes comprariam os Pcs de Bill Gates e seguiriam o movimento de manada.

A novidade seria um sistema de janelas, um mouse, um computador tudo em um ( os pcs mais antigos eram ligados em televisores e eram feitos em caixas de madeira, feios pacas). Na época um computador feito com caixa de plástico era tão revolucionário quanto os celulares de tela de vidro que respondem ao toque. Cada época com sua limitação.

E então os produtos foram desenvolvidos de forma sempre terem um nível de desenvolvimento muito mais caro para os produtos, refletindo nos preços. A decadência da Apple durante algum tempo foi ligada ao afastamento de Steve Jobs, mas imaginem só: Uma empresa de capital aberto, com uma lógica de vender mais e ganhar mais é o que todo investidor quer. Por isso investiram em produtos com pouco apelo e muita falta de qualidade. Foi o caso do video game da apple entre outros produtos lançados na década de 90. No Brasil então, os produtos eram raridades e de propriedade de quem tinha mais posses.

Quando a empresa voltou aos produtos de valor, voltou ao topo.

Hoje é uma das empresas mais valiosas do mundo. Unindo o que os investidores queriam ao estilo Jobs: Produtos que não parem de vender, com qualidade e design.

Ou seja, assim como a Microsoft, a Apple lança um leque de produtos que vão indo aos poucos evoluindo e vão ganhando seus dólares dia após dia, criando necessidades em coisas totalmente desnecessárias.

Ou o que dizer de lançar um computador colorido? ou um tocador de MP3, quando mais ninguém tem Walkmans? Pois é. São conceitos como estes, que movidos por investidores multimilionários e muito interessados em um exército de zumbis não pensantes que se dão bem nos dias atuais.

mac pessoal: Uma revolução no uso. O preço assusta desde sempre.

O primeiro computador da Apple que vi foi um destes ao lado.

Era lento.Tinha um sistema que não possuía anti-vírus e peças extremamente caras e proprietárias ( somente rodavam as que eram certificadas pela Apple).

Era indicado para profissionais que precisavam ter desempenho, com softwares que só rodavam nestes aparelhos. Ou mesmo para quem esbanjava dinheiro.

Hoje em dia continua uma elitização, até porque um computador com alguns anos de vida ainda custa mais de 1000 dólares. Isso se explica pela sua qualidade de construção e durabilidade.

Mas qual a diferença para um PC?

Aqui no Brasil um bom computador em 2001 era vendido por R$1200,00. Um destes poderiam valor R$ 7.500,00 – o que na época era equivalente a meio carro popular.

Atualizando para 2020, hoje um macbook custa 12mil reais e um carro popular 40mil reais. Mas ainda prefiro comprar um Mac.

Usando um sistema baseado em Unix ( outro sistema operacional arcaico da época dos anos 80) ele tinha processador e placa gráfica muito poderosos, mas era usado geralmente para textos e internet.

Mas por falar em sistemas Unix, vou falar de um sistema também baseado em Unix, mas gratuito. No próximo capitulo. Se curtiu, se inscreva e receba todas as nossas postagens.

DICAS DE MAC